Arquivo da tag: língua

Brasileiros, até que enfim latino-americanos

Conheço um sujeito que anda contente. Eu estranhei, então ele tratou de me explicar, bem do comecinho. Em castelhano, que sem saber por que sempre preferiu chamar de espanhol, escreveu seus primeiros rascunhos, tatibitateou declarações de amor, iniciou-se na arte … Continuar lendo

Publicado em (re)flexões | Marcado com , , , , , , | 22 Comentários

Prosódia

— Não nega, Nego! — Nego sim, Nega, nego sim. — Nega?! — Ué, Nega, nego não nega? — E como! Né não, Nego? — E nega não nega não? — Não, Nego, não nega não. — Como não?! — … Continuar lendo

Publicado em mínimos | Marcado com | 9 Comentários

Preconceito

“Ela é super competente, embora tenha olhos castanhos.” “Ele é gente finíssima, apesar de ser instrutor de alpinismo.” “Você imaginava que um cara com o colesterol LDL tão baixo fosse um pianista tão bom?” “Quem diria, um pai tão amoroso, … Continuar lendo

Publicado em (re)flexões | Marcado com | 6 Comentários

Confuso horário

A diferença é mínima, só uma horinha, mas a distância é enorme, especialmente porque… bom, melhor avisar logo que isso é pessoal, e como até o momento este não tem sido propriamente um blog dos mais confessionais, convém evitar a … Continuar lendo

Publicado em nadas | Marcado com , | 14 Comentários

Ninguém é substituível

Você leu direito, escrevi “substituível” em vez de “insubstituível”. É que a máxima original, idolatrada-salve-salve por todo e qualquer gestor/gerente/chefe/manda-quem-pode-obedece-quem-tem-juízo pode até fazer sentido lá nos discursos administrativos/corporativos e quantos idos você quiser, mas a mim não convence. (Verdade é … Continuar lendo

Publicado em nadas | Marcado com , , | 9 Comentários

Opção, imposição, orientação: apenas um reparo

Reli uma velha crônica do Contardo Calligaris (sobre filme que não vi), e resolvi colocá-la cá embaixo. Dificilmente copio e colo um texto alheio sem pelo menos fazer um comentariozinho qualquer. Então tá, lá vai o comentariozinho qualquer… não, melhor … Continuar lendo

Publicado em (re)flexões | Marcado com , , , | 6 Comentários

Aurélio, Aulete e Houaiss [2]

Agnosticismo: “2. Atitude que considera inúteis as discussões sobre questões metafísicas, já que estas tratam de realidades incognoscíveis”. (Dicionário Aurélio eletrônico) Crítica: “5. Capacidade de julgar, de criticar; juízo crítico. (…) 8. (Derivação: por extensão de sentido. Uso: informal) Ação … Continuar lendo

Publicado em língua | Marcado com , | Deixe um comentário