Arquivo da tag: murmúrios

Sêmen

É improvável que você lembre. E não estás só, o mesmo acontece com boa parte da  humanidade. Ainda assim, faça de conta que você consegue. Vá, deite-se na cama, de barriga para cima e na penumbra, que é para facilitar … Continuar lendo

Publicado em provocações | Marcado com , , | 6 Comentários

Ruminações (2)

Umas conversas no falecido weblog me fizeram lembrar de algo que me aconteceu há 22, 23 25, 26 anos atrás. (Experiência importante para mim, e que, portanto, não ponho aqui como “verdade” ou “receita” para ninguém, vou logo avisando.) Estudava … Continuar lendo

Publicado em (re)flexões | Marcado com | 13 Comentários

Mesuras

“E o que temos para assistir hoje?” perguntou, a meio metro dele. “A mim, ora”, só um quarto de graça no tom, pouco para esvaecer o quebranto. “É bom. Gosto de te ver”, e o meio metro cortado à metade, … Continuar lendo

Publicado em mínimos | Marcado com , , , , | 4 Comentários

Ninguém é substituível

Você leu direito, escrevi “substituível” em vez de “insubstituível”. É que a máxima original, idolatrada-salve-salve por todo e qualquer gestor/gerente/chefe/manda-quem-pode-obedece-quem-tem-juízo pode até fazer sentido lá nos discursos administrativos/corporativos e quantos idos você quiser, mas a mim não convence. (Verdade é … Continuar lendo

Publicado em nadas | Marcado com , , | 9 Comentários

Contra-intuição

Décadas atrás ouvi uma estória que me chamou muito a atenção. Não sei se a chamo de parábola, mas é no mínimo uma lenda, uma curiosa lenda. Vamos a ela, ou a como lembro dela: Diz-se por aí que, séculos … Continuar lendo

Publicado em Ainda pagãos | Marcado com , , | 3 Comentários

Pré-saudades

Domingo. Amanhece no Posto 6. Vou ou não vou tomar o café da manhã na confeitaria Colombo,a do Forte, cuja vista não tem preço? Ou então ao Leblon, só para tomar um suco no BB Lanches… … e uma vez … Continuar lendo

Publicado em Ainda pagãos | Marcado com , , | 9 Comentários

Indeciso

Troco o crônico pelo agudo, O agudo pelo crônico, O agudo… O crônico… Troco.

Publicado em nadas | Marcado com , | 4 Comentários