Arquivo da tag: histórias

Mescalina, psilocibina e azeite de dendê

Rodoviária de Nanuque, nordeste de Minas, 6:17 a.m. Ônibus para Belo Horizonte, só às oito e meia. Cadu e a irmã — hoje não se dão bem, há doze anos sim —, sonolentos da maratona iniciada em Itupeva (três e … Continuar lendo

Publicado em acidez, histórias, literatices e escrivinhações | Marcado com , , , | 37 Comentários

Cura

Itabuna, Bahia, década de 40, trinta anos antes chamada Vila de Itabuna que, por força da Lei n° 807 de 28 de julho de 1910, elevou-se à categoria de cidade, quando nesse então restavam à Rua J.J. Seabra não mais … Continuar lendo

Publicado em histórias, memórias | Marcado com , | 11 Comentários

Kafka

Madrugada atribulada de uma metrópole qualquer. Um homem de pouco mais de vinte anos chega ao pronto-socorro com uma bala de pequeno calibre alojada numa das têmporas, fruto de uma mal-sucedida tentativa de suicídio. A equipe médica, liderada por um … Continuar lendo

Publicado em histórias | Marcado com | 35 Comentários

Perspectiva

Tenho um amigo, que tem um primo, que tem um vizinho… e é desse telefone sem fio que vem a história. Década de setenta. Um garoto de classe média, com seus quatorze anos, precisa passar por uma cirurgia. Hospital público, … Continuar lendo

Publicado em memórias | Marcado com | 3 Comentários

Foi quinta-feira passada

Uma quinta qualquer na rotina de um hospital público, meio pobre, meio descascado, meio velho, condição semelhante à de inúmeras instalações hospitalares do país. Vamos?, disse o doutor P. E lá fui eu assistir à minha primeira intervenção cirúrgica, pela … Continuar lendo

Publicado em conversê | Marcado com | 9 Comentários

Gente reta

Dr. J., figura ímpar, que odiava que o chamassem pelo prenome. Décadas atrás — provavelmente contando com mais de sessenta anos —, batem em seu carro. O sujeito escafede-se, mas Dr. J., contando com a sua prodigiosa visão periférica, alcança … Continuar lendo

Publicado em memórias | Marcado com | 8 Comentários

Fora da nova ordem mundial**

Aguardei essa foto por mais de uma eternidade. E só depois que chegou comecei a processar parte do que pensara quando soube da história em torno dela. Para começar, a dúvida sobre ser um ponto ou um acento agudo aquilo … Continuar lendo

Publicado em humanidade | Marcado com , , , , | 8 Comentários