Arquivo da tag: (re)flexões

A Balada de Narayama, uma cena (em dois tempos)

[Primeiro uma sinopse encontrada — e encurtada — por aí, pra relembrar. Depois, uma cena do filme.] Japão, fim do século XIX, um pequeno vilarejo aos pés do monte Narayama. Ao completar 70 anos de idade, seus moradores deveriam subir … Continuar lendo

Publicado em cinema, memórias | Marcado com , , | 17 Comentários

Inautenticidade e outras palavras tão estranhas quanto

[Apareceu aqui antes, em março de 2008. É das raras coisas publicadas neste blog que fazem referência direta à psicologia existencial. E como gosto do conteúdo, republico.] . Entrega (amorosa) e fé (na sua acepção principal, a religiosa), duas palavras … Continuar lendo

Publicado em (re)flexões | Marcado com , , | 10 Comentários

Flexão ré

Ré confessa, essa minha flexão. Mas preciso descascá-la, antes de proferir a sentença. À cebola, então. Numa das caixas de comentários do antigo Weblog do Pedro Doria, deparei-me com o trecho de um texto do tal do Janer Cristaldo — … Continuar lendo

Publicado em (re)flexões | Marcado com , , , , | 23 Comentários

Receitas para escolher receitas para escolher…

Ingredientes: 1) Necessidade de escolha 2) Dúvidas 3) Potência, Dever e Desejo, independente da ordem Modo de preparar: Em vez de um passo-a-passo, apresento uma história. Era uma vez uma bela e casada moça, que em dado momento se viu … Continuar lendo

Publicado em (re)flexões | Marcado com , | 9 Comentários

Tarkovski, Kieslowski e um pouco de Véronique

É certo, quase transparente, que alguns diretores e seus filmes impregnaram-me a alma, existam almas ou não. E dois deles, Krzysztof Kieslowski e Andrei Tarkovski , de há muito sequestraram o meu diafragma, aquele onde os gregos acreditavam residir a … Continuar lendo

Publicado em cinema | Marcado com , | 10 Comentários

Parolagens

Foi uma daquelas ideias que aparecem enquanto se tenta conversar numa festa. Daí que não se desenvolveu a ponto de virar projeto de pesquisa, mas talvez sirva para começar uma conversa na próxima. Então chega de enrolar. A ideia em … Continuar lendo

Publicado em cinema | Marcado com , | 8 Comentários