Arquivo da tag: um certo Beckett…

Anteontem

Dor ou ansiedade ou solidão ou tédio ou síndrome do polegar inquieto ou o filme era paquistanês e desde a morte do Osama a mando do Obama a sua devoção por filmografias obscuras piscou e não mais impediu que apertasse … Continuar lendo

Publicado em literatices e escrivinhações, tolices | Marcado com , , | 2 Comentários

Seu Róbisson

— Pra onde, dotô? — Pra J.J. Seabra, no Jardim Botânico. — É pra Solarium? — Não, é pro meu consultório, ali do lado. — Ah, dotô, que bobagem, pricisa disfarçá não. Ontem mesmo deixei uns gringo lá, tudo engravatado. … Continuar lendo

Publicado em nadas | Marcado com , | 9 Comentários

Natal: três linhas (e uma imagem) sobre

Nunca fui, mas ouvi falar muito bem. Dizem que em dezembro é um inferno. Nesse caso, melhor conhecê-la em maio. P.S. “Qualquer maneira de humor vale a pena, à vera.” (cf. Buster Keaton, quase certo que apócrifo).

Publicado em nadas | Marcado com , | 6 Comentários

Língua portuguesa

Chamada da primeira página no jornal O Globo de ontem (sábado, 07/06/2008): Bando de Lins protegia até firma irregularEscuta feita pela PF revela que um delegado e um policial tentaram impedir que agentes da Polinter achacassem uma empresa de combustíveis … Continuar lendo

Publicado em Ainda pagãos | Marcado com , , | 6 Comentários

Pescaria baiana (pelas bandas de Santo Amaro da Purificação)

[Alguns amigos daqui já conhecem] Esta é uma fórmula. Há outras. Ingredientes:1 – Lua nova (ou será cheia? Terei que revisar isso…);2 – Várias canoas;3 – Várias lamparinas (a gás, querosene ou o que estiver à mão. Evite velas);4 – … Continuar lendo

Publicado em Ainda pagãos | Marcado com , , , , | 6 Comentários

Vende-se

Vendo uma antena paranóica.Ganhei do Ubaldo, filho do Henfil.Ainda na caixa, nunca foi usada.(Ou troco por TV metafí­sica.)

Publicado em Ainda pagãos | Marcado com | 8 Comentários

Corte epistemológico

Ou mutatis mutandis

Publicado em Ainda pagãos | Marcado com , , , | 3 Comentários