E se lá eu estivesse?

…eu lembro de você lá, cuidando de tudo naquele apartamento enorme, te vendo vestir o corpo do seu avô. Talvez você não tenha essa imagem, tão ocupado em ser prático. Mas eu te vi tão só, uma solidão imensa, e achei aquilo tão injusto, tão injusto…

[De uma conversa ouvida hoje. As palavras podem ter sido um pouco diferentes, razão da falta de aspas, mas o conteúdo foi esse mesmo, com algumas lágrimas entre as pausas, impossíveis de esconder.]

Esse post foi publicado em murmúrios. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.