Do que

As covardias, os auto-enganos, os adiamentos, as avestruzices, todos falam da nossa condição humana e sim, têm lá sua hora e lugar. Às vezes são a dimensão da verdade que suportamos, a pausa para respirar entre uma dor e outra. Em casos assim não se deve desprezá-los tanto, exceto se você abusar deles – ou eles abusarem de você, tanto faz. Nesses casos, convém mesmo fazer-lhes frente com os recursos que dispuser.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s