Anteontem

Dor ou ansiedade ou solidão ou tédio ou síndrome do polegar inquieto ou o filme era paquistanês e desde a morte do Osama a mando do Obama a sua devoção por filmografias obscuras piscou e não mais impediu que apertasse a tecla de avanço rápido do controle remoto do aparelho de devedê e que as duas horas e quinze narradas em urdu com legendas em inglês virassem doze minutos e sete sem som nenhum e sem dor nenhuma e sem ansiedade ou solidão ou tédio ou síndrome do polegar inquieto pra explicar aquele gesto profano profano profano até o tutano que o levou ao armário do quarto de empregada e à caixa de sapatos enrolada na canga com os dizeres este→ é→ o→ profeta→ gentileza→ que→ gera→ gentileza→ com→ amorrr→ e→ paz→ para→ um→ mundo→ melhor→ meus→ filhos→ não→ usem→ problemas→ usamos→ a→ natureza e tirar de lá o revólver calibre .22 que foi da sua falecida sogra e que deus a tenha e o proteja mesmo ele não acreditando no deus do Osama ou do Obama ou da sua falecida sogra e subir as escadas sem ninguém ver e bater na porta do marombeiro lourudo do seiscentos e três que vive gritando na janela chamando o porteiro seu Zé de viado e importunando todo mundo e pôu pôu pôu nas fuças do marombeiro lourudo e dali pro traficante da pracinha do lado do cinema foi só um pôu e do que o seu Zé soube é que desde ontem ele não mora mais no prédio e virou profissional com cartão de visita e tudo e que promete cobrar um preço justo por cada serviço e que vai começar uma tal de terapia cognitivo-comportamental só pra controlar a síndrome do polegar inquieto e resgatar nem que seja um pouquinho da sua devoção pra poder assistir aos outros dois devedês de filmes paquistaneses que ainda não tinha devolvido pra locadora e sem ter de novo aquela vontade de apertar a tecla de avanço rápido e sabe-se lá que outra profissão resolver abraçar, foi o que se soube.

Anúncios
Esse post foi publicado em literatices e escrivinhações, tolices e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Anteontem

  1. Fluxo de consciência, é o que foi.

    Curtir

  2. Pingback: Ricardo C.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s