11 respostas para Uma pequena observação

  1. Me chocou mais o excesso de atenção dado pela mídia para o assunto. Na verdade, nem sei porque estou dizendo isso: não fiquei chocado porra nenhuma. É assim mesmo que a grande mídia se comporta: amplificando e comentando de forma superficial tragédias, pilantrices e violência e, muito, mas muito raras vezes, apontando caminhos…

    Curtir

    • Ricardo C. disse:

      Quanto à grande mídia, RR, só posso concordar. Mas insisto que esse comportamento é de todos. A diferença é que alguns consomem informações oferecidas por uma mídia que se parece com eles, que exalta os seus valores, crenças, atitudes, parâmetros de certo e errado, bom e mau, ético e antiético etc., enquanto os que não estão nesse grupo são os outros, os à margem, invisíveis. Só que se por acaso trocassem de lugar, duvido que agissem muito diferente.

      Curtir

  2. Monsores disse:

    Bem, Ricardo, relativizar a morte pra mim já é um exercício um tanto quanto estranho.

    Curtir

    • Ricardo C. disse:

      Não sei se entendi o que você aponta como relativização da morte, Monsores até por não ver nada de relativo nela, no máximo nas ideias e comportamentos das pessoas quando pensam, falam e temem a morte…

      Curtir

      • Monsores disse:

        Ricardo, eu deveria ter me expressado melhor, pra variar um pouco.

        Eu li o post do blog que você indicou e achei de um tremendo mau gosto. E compreendi o motivo de você ter escrito a respeito. Pra variar, é com você que concordo.

        Acho meio chato as pessoas transformarem até a visão que fazem sobre a morte em uma briga de classes – já que ela (a morte) é a única coisa que chega para todos um dia.

        Até queria escrever mais, mas estou de passagem. Vou pra casa comer alguma coisa e assistir um “Romulus, my father”. Se for bom volto pra te contar.

        Abraço!

        Curtir

  3. Nhé disse:

    Me parece que o blog não queria questionar ou refletir a morte, quer seja de rico ou pobre, seja lá de espírito ou de conta corrente. É que o blog ficou incomodado porque não teve outro assunto para conversar com seus pares. Agiu tal qual a mídia que tanto o irrita e falou a mesma coisa, só com sinal invertido.
    No fim das contas, achei de mau gosto. Mas deve ser pq estou de mau humor.

    Curtir

    • Ricardo C. disse:

      Normalmente sorrio com algumas tiradas do blog, Nhé, embora com muita frequência veja nele uma crítica de quem falsamente olha para o próprio rabo e acha que está tudo bem, como se dissesse que “ruim são os outros classe média, eu não”. E os comentaristas vão na toada, diga-se de passagem.
      Esse post achei mais fraco, então resolvi criticá-lo nesse ponto exposto lá em cima.

      Curtir

      • Nhé disse:

        Olha, nada contra em satirizar alguma coisa. Mas tem que ter estilo. Não deve ter sido o caso do post. Vale a pena dar mais uma chance ao blog?

        Curtir

  4. He will be Bach disse:

    Ok, agora demonstrarei minha completa alienação em relação a… o resto do mundo: quem foi esse “rico que morreu que nem pobre”?

    Curtir

    • Ricardo C. disse:

      Duas possíveis respostas HwbB, uma que pressupõe a seriedade da sua alienação, e outra de quem desconfia que é pergunta sacana:

      1) não foi uma pessoa em particular, mas parece que a conversa surgiu a partir dos deslizamentos em Angra, especialmente no caso da tal pousada. Pelo que entendi, esse foi o pontapé inicial que motivou o post que ora comento; ou

      2) rico morre? Droga, ninguém me avisou! 😛

      Curtir

      • He will be Bach disse:

        Não é pergunta sacana, não. É sério. Eu realmente tô por fora disso. Worth it! [valeu!]

        Saiu uma manchete dizendo “passar mais de 4 horas por dia assistindo ao televisor diminui a expectativa de vida”. E passar menos de 1 minuto por mês, será que aumenta? 😛

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s