Mesuras

“E o que temos para assistir hoje?” perguntou, a meio metro dele.
“A mim, ora”, só um quarto de graça no tom, pouco para esvaecer o quebranto.
“É bom. Gosto de te ver”, e o meio metro cortado à metade, estancado o desalento, e o amor, ah o amor, desmedido, outra vez.

Anúncios
Esse post foi publicado em mínimos e marcado , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Mesuras

  1. confetti* disse:

    é gostoso redescobrir o agua…toda vez, essas singelezas discretas…

    aplausos*

    Curtir

  2. fal disse:

    aaaahhhhhhhh, que lindo!!!! :o)

    Curtir

  3. Ricardo C. disse:

    Merci, ma chérie!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s