Quereres

Uma conhecida, que há anos não vejo, certa vez me contou uma história. Dando aulas para adolescentes, resolveu levar uma trans para conversar com eles. A meninada ficou ouriçada, e alguns risinhos e piadas soaram aqui e ali. Nada que a moça não tirasse de letra, enquanto respondia pacientemente a todo tipo de dúvida. Até que, por último, um rapazote perguntou-lhe, seriamente:

— Mas Jéssica, fala aí, cê só gosta mesmo é de homem? Quer dizer, quando cê olha pruma mulher, não sente nenhum desejo por ela?

— Seu nome é…

— Vitor.

— Vitinho, meu amor, mas é claro que sinto! É só bater o olho numa dessas cachorras bem gostosonas que eu digo pro meu cirurgião plástico: “eu quero aqueeele peito, quero aqueeela bunda”…

Anúncios
Esse post foi publicado em cultura, memórias e marcado , , , . Guardar link permanente.

10 respostas para Quereres

  1. gugaalayon disse:

    ahahaha. transresposta perfeita

    Curtir

  2. Darwinista disse:

    Xeque-mate da queen.

    Curtir

  3. Ricardo C. disse:

    Guga, Darw e Nhé!, assino embaixo de suas observações!

    Curtir

  4. Gwyn disse:

    O que seria de todos nos sem a cirurgia plastica… 😉

    Curtir

  5. Hahaha… Sensacional essa história!

    Curtir

  6. aline disse:

    pronto. sou fã da moça! minha filosofia de vida é: use respostinhas espirituosas e ironias sempre, não tem contra-indicação. (vez em qdo perde-se um colega, mas só os menos interessantes)

    bjo, ricardo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s