Se você pensa que comunismo é isto…

quino_82

… mas,
no seu caso,
crê que tem opiniões e vontade próprias:
olhe para as suas roupas,
seus badulaques eletrônicos,
o que come, o que bebe,
como engorda,
como emagrece,
como reza,
como ignora quem reza,
como trepa,
como fala,
como escuta,
como quer que o escutem.
Você não é comunista,
mas é comum.
Comuníssimo.
[Um velho cartum do Quino]
Anúncios
Esse post foi publicado em murmúrios, não é política, política e marcado , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Se você pensa que comunismo é isto…

  1. DarwinistO disse:

    Muito, mas muito bom!

    Curtir

  2. Diego Viana disse:

    Fantástico, Cabral! CLAP CLAP CLAP CLAP!!!(Vou mandar pro seu primo governador, hehehe)Correndo o risco de ser crucificado, aplaudo mais: Clap clap clap!

    Curtir

  3. Armando Maynard disse:

    Vivemos a era dos iguais. Onde ler dói a vista e pensar a cabeça…Visite o blog(lygiaprudente.blogspot.com)

    Curtir

  4. Camila disse:

    Oi, vizinho! Este post me lembrou dos meus idos tempos de análise (calma que eu explico) – minha analista tinha obras completas de Quino na sala de espera! Eu chegava mais cedo sempre que podia para ficar lendo, e mais de uma vez a sessão foi iniciada por um comentário meu sobre uma tira. Talvez essa experiência tenha moldado minha crença de que a obra do Quino tem mesmo tudo a ver com o que se passa numa sessão de análise: em ambas verifica-se aquela mistura peculiar de humor e angústia. Lembro muito bem dessa daí… Mas nada supera, para mim, o Ni Arte Ni Parte.[Further off-topic: o HaloScan parece ter engrenado lá no meu blog… Vamos ver até quando!]

    Curtir

  5. DarwinistO disse:

    Ô seu Cabral, esqueceu do blog?

    Curtir

  6. Ricardo C. disse:

    Darw, estou de volta, em busca do fôlego perdido e tentando responder aos comentários dos amigos, novos e velhos…Abração

    Curtir

  7. Ricardo C. disse:

    Diego, usar o Quino é golpe baixo, tem cara de busca de audiência… ;-P

    Curtir

  8. Ricardo C. disse:

    Armando Maynard, pensar dói mesmo. O problema é que andamos na era da analgesia…

    Curtir

  9. Ricardo C. disse:

    Camila, demorei a dar bola pro seu comentário, desculpe. É que andei às voltas com o Quino, que usei numa apresentação que fiz na semana passada, justamente para animar uma árida discussão sobre sintomas psicossomáticos que fui obrigado a elaborar…Abraços e venha sempre que puder, mesmo lá de NO!

    Curtir

  10. Camila disse:

    Então você também é do mundo psi? Fale mais sobre isso, por favor! 🙂

    Curtir

  11. Ricardo C. disse:

    Psicólogo clínico, psicoterapia com adultos, orientação fenomenológico-existencial. Professor universitário, neste momento desvinculado de qualquer instituição acadêmica (pedi as contas da última). Resumindo, é isso!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s