Orwellianas

Dois dias atrás o Marcelo Coelho escreveu em seu blog sobre um boneco de pelúcia com Barack Obama em forma de macaquinho:

Deixando a discussão sobre racismo para o próprio Marcelo Coelho — o que ele faz com propriedade, diga-se de passagem —, devo dizer que, para a minha surpresa, hoje, quando fui ver o link que levava ao site vendendo o produto, deparei-me com essa informação:

An Apology
We are very apologetic to all who were upset by our toy idea.
We will not be proceeding with the manufacturing of this toy.
Thank you.”

Há um quê de Big Brother (o original, por favor) nisso, ao menos é o que parece. Menos de 48 e a polêmica foi esvaziada por quem a criou, aparentemente, decerto por conta da pressão sofrida. Neste caso, achei certo. Neste caso.
Anúncios
Esse post foi publicado em Ainda pagãos e marcado , . Guardar link permanente.

5 respostas para Orwellianas

  1. confetti* disse:

    o “politicamente correto” tao ironizado pode significar tbm o respeito às pessoas…nesse caso preciso, o lobby presidencial até demorou pra agir…48 hrs chamando negro de macaco é muito nessa américa preste a eleger obama…estavam ocupados demais preparando o modelito de al gore em michigan…))

    Curtir

  2. Ricardo C. disse:

    Confetti, acho que o politicamente correto foi um avanço, mas como tudo, cresceu, institucionalizou-se e tb cometeu (e comete) excessos. Ficou muito atrelado à censura, associado ao conservadorismo e ao moralismo, apesar de ter nascido justamente em defesa dos que estão à margem…Ainda assim, sou dos que criticam os excessos, mas não o princípio da correção política.

    Curtir

  3. confesta* disse:

    quer dizer que na politica o respeito é superfluo ? ou que limites morais podem impo-lo “naturalmente” ? fica parecendo que defendo a censura…nao é o caso….

    Curtir

  4. Ricardo C. disse:

    Então devo ter me expressado mal, pois concordei com você. Apenas ponderei sobre o fato do politicamente correto cometer excessos, mas que ainda assim ele é importante.

    Curtir

  5. Pax disse:

    Pô, já tinha escrito e não apareceu… vou repetir.Concordo com você Ricardo. Em ambas as coisas. Primeiro com tirar o brinquedo de circulação. Coisa mais besta nesse momento. Segundo com o políticamente correto que cai em censura moralista.Porém contra racismos não há desculpa não. E há racismos velados maiores que imaginamos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s