Bafejados

9 da noite. Ele se senta diante da terapeuta e começa a falar, desfiando pela enésima vez o seu rosário. Naquela noite, porém, acrescentou um dado que nunca ousara dizer, justo no momento em que a terapeuta percebe a aproximação de um daqueles irresistíveis (e inoportunos) bocejos, tranca os dentes e prende a respiração. Resultado: seus olhos marejaram (o paciente percebeu).

“Doutora, não tive a intenção de deixá-la triste…”, e finalmente começou a falar tudo o que até ali não tivera coragem de dizer para si mesmo.

* * * * *

6 da manhã.

“Bom dia, doutor”, e se deita no divã. O analista se ajeita em sua bergère, cotovelos apoiados e o queixo sobre a mão esquerda. A voz monocórdia do paciente e o seu relato já conhecido acabam tendo um devastador efeito hipnoindutor.

“Desculpe, doutor, acho que o nosso horário acabou…”, diz o paciente, tocando levemente no ombro do analista, que acorda assustado e se levanta a tempo de fechar a porta, tão acanhado quanto o próprio paciente. No dia seguinte, antes do analista efetivamente desistir da profissão e virar produtor de mel em Visconde de Mauá, o paciente telefona, pedindo um horário extra.

“Doutor, ontem vi que realmente sou um sujeito tremendamente monótono…”, e deu início à virada em sua vida.

Sorte. Às vezes é o que conta.

Anúncios
Esse post foi publicado em (re)flexões e marcado , . Guardar link permanente.

9 respostas para Bafejados

  1. Ricardo C. disse:

    Vcs, mulheres, são o demônio, hehehe!(E não conto pra ninguém não, deixe comigo!)

    Curtir

  2. confetti disse:

    kkk ricardo, conheço isso ! uma vez manipulei tanto um jungiano que o cara explodiu em lagrimas ! e eu disse : desculpe, minha hora acabou… au revoir docteur ! hahhaa so pra vingar certos pacientes que sao torturados….felizmente ja é passado…assumi todas as minhas neuroses e complexos…psiu, fica so entre nos ta ricardo ! :))

    Curtir

  3. pingwyn disse:

    ..uma vez a psicologa me disse….”voce e uma massinha adoravel”, ou teria sido..” voce e uma deliciosa massinha “.. achei melhor nem erguntar o que queria dizer..tomei como elogio e pronto..kkkk mas ate hoje ficou a pergunta..sera??? rrsrsrs

    Curtir

  4. Fred disse:

    RicardoGostei.Tortuosos caminhos….Fred

    Curtir

  5. Nat disse:

    Tem gente que precisa falar pra organizar pensamentos, por isso o analista. Tem gente, como eu, que precisa escrever pra organizar os pensamentos. Pra isso? Um bog. Parabéns, adorei!

    Curtir

  6. Pax disse:

    Muito bom conhecer gente dessa qualidade no Pedro Doria.E já gostei da parada aqui.

    Curtir

  7. Ricardo C. disse:

    Fred, seja bem-vindo!

    Curtir

  8. Ricardo C. disse:

    Nat, ajudar, tudo ajuda. Mas o tal do feedback é diferente… (Êpa, isso está soando a propaganda, hehehe!)Beijos

    Curtir

  9. Ricardo C. disse:

    Grande Pax, como é bom tê-lo por estas bandas! Será bissexto, não dá para ter a periodicidade que muitos conseguem imprimir, mas será feito com prazer — que sempre é mais caro, né? ;-PAbração

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s